Itanhangá: Homem que morreu ao salvar vaca era pioneiro no município

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Legenda /Crédito da Foto: Arquivo Pessoal

Um acidente de trabalho, no último final de semana, tirou a vida de Abraão Evangelista Monteiro, de 64 anos, em um sítio, na comunidade Ranchão, em Nova Mutum.

Informações repassadas ao Site ITA Notícias, relatam que ele era pioneiro aqui em Itanhangá, sendo assentado desde o início do assentamento, juntamente com seus irmãos e seu sítio, fica na estrada do Arinos.

Após a morte do pai deles, os irmãos se revezavam, para cuidar da Mãe, que reside em uma propriedade rural do Distrito de Ranchão, em nova Mutum.

No último final de semana, ele e seu irmão estavam cortando uns galhos de dois pés de manga, quando uma vaca se aproximou para comer as folhas, ao perceber a presença do animal o Sr. Abraão correu para salva-lo, foi quando recebeu o golpe de um troco em suas costas, vindo a óbito no local.

Segundo informações de uma funerária de Nova Mutum, o sepultamento ocorreu no Cemitério do Distrito de Ranchão, ontem à tarde, as 16 horas.

Fonte: ITA Notícias