Inadimplência é realidade para 49,84% dos mato-grossenses

Crédito: Reprodução

Mais de 1,3 milhão de mato-grossenses estão inadimplentes e somam dívidas que chegam a R$ 7,1 bilhões, com média de R$ 5,3 mil para cada um. Isso representa 49,84% da população adulta no Estado, percentual acima do índice nacional, que é de 43,72%. Esses números são referentes a julho e fazem parte do Mapa da Inadimplência da Serasa, levantamento mensal que apresenta o cenário de endividamento no Brasil.

A maior parte das dívidas no Estado está concentrada em três setores: Utilities (26,07%), que são contas de água, gás e luz, Varejo (25,43%) e Bancos e Cartões (19,86%). Entre as faixas etárias, os maiores inadimplentes têm entre 26 e 40 anos (36,1%), seguidos pela população entre 41 e 60 anos (34,4%) e por pessoas acima de 60 anos (16,2%).

É válido destacar que julho trouxe a segunda retração consecutiva em inadimplentes no Brasil. Ao atingir um total de 71,41 milhões de brasileiros, foi registrada uma redução de 34.495 mil pessoas na comparação com o mês anterior. É a primeira vez, desde junho de 2021, em que ocorre duas quedas em sequência nos levantamentos mensais da Serasa.

Um dos fatores que impactou movimento foi o total de débitos com bancos e cartões de crédito, que registrou uma redução de 1,60 ponto percentual, passando de 31,13% para 29,53% entre os últimos dois meses. Essa queda pode estar ligada aos primeiros impactos do Programa Desenrola Brasil, do Governo Federal, que, desde 17 de julho, estimula a negociação de dívidas com as instituições financeiras.

A Serasa, inclusive, conta com uma série de programas que tem o intuito de contribuir com a queda da inadimplência e melhorar os dados. Em julho, mais de 188 mil acordos foram fechados pelos canais do Serasa Limpa Nome. O número de ofertas disponíveis, no entanto, batia 23,1 milhões.

Sobre a Serasa

Com o propósito de revolucionar o acesso ao crédito no Brasil, a Serasa oferece um ecossistema completo voltado para a melhoria da saúde financeira da população por meio de produtos e serviços digitais.

Fonte: Assessoria SERASA

Vídeo(s) da notícia

Galeria de Imagens da notícia

Mais notícias

Pai não abre a porta e filho o encontra morto dentro do quarto

Itanhangá: Câmara de vereadores aprova e Agrovila Monte Alto passa a ser perímetro urbano

Itanhangá: Caminhoneiro perde controle e caminhão tomba na MT 338

Polícia descarta “preliminarmente envolvimento de ex-marido” na morte de filha de deputado

Sorriso é a cidade com maior taxa de estupros no país

Filha do deputado Gilberto Cattani é assassinada a tiros