Homem suspeito de participar de assalto a banco já foi preso em Sinop

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Legenda /Crédito da Foto: Divulgação

A polícia divulgou o nome de três suspeitos que morreram no confronto com o Bope, apenas um segue sem identificação até o momento. Eles são acusados de participar da quadrilha que realizou o assalto às agências do Sicredi e Sicoob na cidade de Nova Bandeirantes.

Maciel Gomes de Oliveira, 36 anos, possui uma extensa ficha criminal com passagem por crimes de furto, por ilegal de arma e roubo. Ele é de Pernambuco e seria integrante do bando liderado por Márcio ‘Gordo’, que atua em assaltos a bancos na região do Nordeste.

Ele foi solto em janeiro de 2019 e em maio deste ano havia sido abordado pela Polícia Militar de Sinop, com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), por suspeita de envolvimento com tráfico de drogas. Ele foi conduzido para delegacia na época, mas acabou sendo liberado e seguiu para Alta Floresta.

Outro morto é Romário de Oliveira Batista, conhecido como Romarinho. Ele tinha 35 anos é natural do Piauí e já tinha antecedentes na Bahia por furto e também por roubo no estado de Pernambuco.

O terceiro identificado é Luiz Miguel Melek, de 40 anos, natural de Missal, no Paraná, e era morador de Alta Floresta. Não há histórico criminal e nem prisão de mandado em aberto. Circulou a informação de que um dos mortos era refém, mas o fato foi desmentido pelo Bope.

A informação é de que ele atuou para dar apoio à fuga dos assaltantes. O suspeito estava com a caminhonete cheia de combustível e correu pro mato junto com os demais no momento da abordagem.

O quarto suspeito ainda não foi identificado

Fonte: Visão Notícias