Garota de 16 anos é esfaqueada por rival em Várzea GrandeUma garota de 16 anos foi esfaqueada por outra da mesma idade na noite desta quarta-feira (23), no Bairro Jardim Maringá 2, em Várzea Grande. Segundo o boletim de ocorrência, a tentativa de homicídio aconteceu por volta das 23h30. A vítima estava na rua com amigos, quando a agressora se aproximou e, sem motivo aparente, a atacou. A adolescente foi golpeada no tórax e na perna esquerda pela rival. Após o crime ela fugiu. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e encaminhou a menina para o Pronto-Socorro da Capital. Seu atual estado de saúde não foi informado. Um dos amigos da vítima contou para a polícia que a agressora estava na companhia de um jovem. A PM então fez rondas na região em busca do casal. No entanto, eles não foram localizados. Amigos e familiares não souberam dizer o motivo da tentativa de homicídio. O crime deve ser investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Uma garota de 16 anos foi esfaqueada por outra da mesma idade na noite desta quarta-feira (23), no Bairro Jardim Maringá 2, em Várzea Grande.

Segundo o boletim de ocorrência, a tentativa de homicídio aconteceu por volta das 23h30. A vítima estava na rua com amigos, quando a agressora se aproximou e, sem motivo aparente, a atacou.

A adolescente foi golpeada no tórax e na perna esquerda pela rival. Após o crime ela fugiu.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e encaminhou a menina para o Pronto-Socorro da Capital. Seu atual estado de saúde não foi informado.

Um dos amigos da vítima contou para a polícia que a agressora estava na companhia de um jovem.

A PM então fez rondas na região em busca do casal. No entanto, eles não foram localizados.

Amigos e familiares não souberam dizer o motivo da tentativa de homicídio.

O crime deve ser investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Fonte: Mídia News