Funcionário reage a assalto, toma arma e mata ladrão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Legenda /Crédito da Foto: Reprodução

Um ladrão identificado como Max Willian da Silva Lara, de 23 anos, morreu durante uma tentativa de assalto, na quarta-feira (11), após a vítima reagir e atirar contra ele. O caso ocorreu em Porto Esperidião.

Segundo informações da Polícia Civil, Max estava com um comparsa quando invadiu a fazenda, localizada na Serra da Graciosa. Ambos estavam armados e tentaram render um dos funcionários que estava no local. No entanto, o homem reagiu e foi para cima dos criminosos.

Durante a briga, a vítima conseguiu tomar a arma que Max usava e disparou contra o assaltante. O tiro acertou o peito do bandido.

Ao ver a cena, o segundo assaltante fugiu e deixou cair sua arma. O próprio funcionário foi quem acionou a Polícia e relatou a tentativa de assalto.

Chegando ao endereço, os oficiais encontraram o corpo de Max caído em um dos cômodos. Ele acabou não resistindo ao ferimento e morreu ainda na fazenda.

Os policiais apreenderam as armas dos assaltantes e entregaram para a Perícia Oficial Técnica (Politec). Os agentes também encaminharam o corpo de Max ao Instituto Médico Legal (IML).

Já o funcionário que efetuou o tiro contra o assaltante foi autuado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

A Polícia Civil segue investigando o caso e o segundo bandido ainda é procurado.

Fonte: Mídia News