Fugitivo baleado na cabeça em confronto morre no hospital

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Legenda /Crédito da Foto: Arquivo/Só Notícias

Dois suspeitos foram presos e um terceiro identificado como Maycon Douglas Marques de Almeida, de 27 anos, o Avatar, foi baleado na cabeça e morreu no Hospital Regional de Sinop, na manhã desta sexta-feira (30). Ele era fugitivo da da Cadeia Pública de Lucas do Rio Verde.

O confronto foi registrado na noite de quinta-feira (29) durante ação de captura de autores do homicídio de Weverton dos Santos Alves, conhecido como “Cabelo de Bruxa”. Ele foi executado com 9 tiros na última terça-feira (27), em Alta Floresta.

De acordo com as informações da Polícia Civil, as equipes estavam em diligência e monitorando dois suspeitos do crime, que fugiram para Sinop, após a execução do ‘Cabelo de Bruxa’. Denúncias levaram os investigadores até a Comunidade Complexo, em Sinop, em uma casa de esquina. Dois suspeitos estavam com mandados de prisão em aberto. Mas, quando deram voz de prisão aos suspeitos, um deles começou a fugir.

Conforme a Polícia Civil, foi necessário um disparo de arma não letal, porém Maycon não intimidou e teria tentado sacar uma arma que carregava na cintura. Foi então que os agentes fizeram um disparo com arma de fogo que atingiu a cabeça do suspeito.

Ferido, ele foi socorrido e encaminhado para uma unidade de saúde, onde ficou internado para atendimento médico, mas morreu na manhã desta sexta-feira. Maycon fugiu da unidade prisional de Lucas do Rio Verde em maio deste ano juntamente com outros detentos.

Foi observado que Maycon estava com um revólver calibre 32 na cintura com 3 munições. Já o outro suspeito do homicídio teve o mandado de prisão cumprido. Outro comparsa suspeito de ter ajudado a dupla durante na fuga também foi preso. A investigação continua em andamento por parte da Polícia Civil.

 

Fonte: Folha Max