Estuprador é morto a tiros ao sair de igreja em MT

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

hiago Júnior da Silva Vilela, 29 anos, foi morto a tiros na noite de domingo (6) ao sair de uma igreja evangélica, no bairro Jardim Ipiranga, em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá). Em fevereiro deste ano, ele foi detido com um comparsa por ter estuprado uma menina de 15 anos na cidade.

O homicídio aconteceu por volta das 21h30. Testemunhas disseram que Thiago caminhava pela Rua Antônio Vieira, quando dois homens se aproximaram em uma motocicleta e o carona atirou diversas vezes.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado por testemunhas e confirmou a morte de Thiago.

A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) confirmou a detenção de Thiago, em fevereio pelo estupro da garota. A Polícia Civil investiga se há relação entre os fatos.

A garota reconheceu os criminosos, porém, ainda conforme a Civil, não ficou comprovado que eles eram os autores do crime de violência sexual. Por isso Thiago estava em liberdade.

O estupro

Thiago foi preso no final da tarde do dia (23) de fevereiro, junto com André dos Santos Barbosa, 28 anos. Ambos são acusados de terem atacado uma menina de 15 anos na madrugada do mesmo dia. Conforme a vítima eles estavam armados, e a estupraram em uma casa abandonada, do bairro Serra Dourada.

Ela disse que voltava da casa de uma amiga quando foi abordada por dois bandidos, que estavam armados e encapuzados.

Segundo o relato da vítima à PM, um dos agressores chegou a atirar para o alto para que ela tirasse a roupa.

Fonte: Repórter MT