Deputado critica conchavo de grupos políticos em MT

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Crédito: Assessoria Deputado Xuxu Dalmolin
Vacina ALMT

O presidente do diretório estadual do Partido Social Cristão (PSC), deputado Xuxu Dal Molin, descartou a possibilidade de a agremiação apoiar candidatos acusados e/ou condenados por envolvimento em esquemas de corrupção.

“Minha conduta sempre esteve pautada em projetos coletivos e jamais para grupos políticos (…). Tem político tanto de esquerda quanto de direita, que o discurso é bonito, mas lá na ponta está cheio de cabide de emprego, mamando e querendo permanecer no poder pensando no próprio umbigo”, afirma Dal Molin ao citar que segue na lista dos três parlamentares mais econômicos e mais produtivos da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

Ao ser questionado sobre o apoio à reeleição do presidente Jair Messias Bolsonaro (PL), Dal Molin relembrou que o estado contribui efetivamente na economia do país e que, portanto, precisa receber um tratamento adequado.

“Já estamos conversando com o presidente e espero que ele nos ouça. Nossa proposta é construir um projeto que seja bom para todo país, para o estado e não apenas para esse ou aquele nome em específico”, disse.

Quanto as conjunturas políticas a nível estadual, o deputado não descartou um eventual apoio ao projeto de reeleição do governador Mauro Mendes (DEM).

“Não quero fechar as portas para ninguém neste momento, até mesmo porque precisamos construir soluções. Percebo o atual governo com muitas ações boas também. Politicamente nós temos que avaliar individualmente cada nome. É preciso verificar como está a assembleia, como está cada deputado, como está o governo em si, mas também como está a figura do governo. Como presidente estadual de um partido eu preciso ter muita responsabilidade. Minha objeção é apenas contra políticos corruptos”, pontua ao descartar conchavos de grupos políticos.

“De onde eu venho; quem botou dinheiro no terno, quem roubou dinheiro público, pra mim vai ser sempre ladrão (sic). É igual falar do ex-presidente que através da Odebrecht, fizeram a corrupção e o Mato Grosso paga com vidas inocentes. Infelizmente já estamos chegando a 800 mortes somente depois que a concessionária assumiu a BR-163 e trecho da BR-364. E ainda tem gente querendo votar nesse sujeito que é responsável pelas mortes do nosso povo”, afirma em clara menção ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Quer apoiar alguém de direita ou de esquerda, não tem problema, mas apoie gente que não rouba e não deixe ninguém roubar. Esse é o único pedido que faço aos eleitores do Mato Grosso”, assinala Xuxu Dal Molin que também defendeu temas como: a reforma administrativa; o enxugamento da máquina pública e a valorização dos servidores públicos da base com menor taxa salarial.

Ao final da entrevista, Dal Molin ainda citou as ações desenvolvidas, entre outras, em prol da educação, infraestrutura, regularização fundiária e a saúde pública, esta última, segundo o parlamentar, responsável por seu ingresso na política em nível estadual.

Fonte: Assessoria Deputado Xuxu Dalmolin

Mais notícias

AUTO TESTE

Anvisa aprova uso e comercialização de autoteste para covid-19

caminhão

Homem cai de cima de caminhão, bate a cabeça no chão e morre

resolve

Resolução detalha avaliação psicológica para porte de arma

cho

Mulher morre ao levar choque de celular que estava carregando

fri

Executivo de multinacional é flagrado fazendo sexo no capô de carro

covv

Itanhangá: Casos de covid continuam aumentando e prefeitura faz apelo

%d blogueiros gostam disto: