Autorização especial de tráfego noturno para transporte de cargas é concedida para escoamento de safra na BR 163

Crédito: Reprodução

Em uma medida inovadora para facilitar o escoamento da produção agrícola do estado, empresas de transportes e carreteiros autônomos que levam soja, milho e algodão poderão requerer a Autorização Especial de Tráfego de trânsito noturno para circular pela rodovia que liga Sinop até Itiquira, num trecho de 850 km até a divisa com Mato Grosso do Sul. A flexibilização de horário permitirá que esses veículos circulem na estrada das 3h às 22h, buscando minimizar o impacto das obras realizadas durante o escoamento do milho.

A medida faz parte do “Plano Safra em Movimento”, desenvolvido pela concessionária responsável pela rodovia, em conjunto com o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) e conta com o apoio da Polícia Rodoviária Federal. Com caráter experimental, a flexibilização terá duração de seis meses. Ao final desse período, a concessionária apresentará ao DNIT uma análise de resultados para avaliar a possibilidade de continuidade do tráfego noturno.

O horário ampliado de circulação para carretas e caminhões foi definido com base em dados da concessionária, que analisou o fluxo e as ocorrências registradas na rodovia. O governo de Mato Grosso foi quem inicialmente solicitou ao Ministério da Infraestrutura orientações sobre como lidar com o fluxo de veículos durante o período de obras intensas no trecho sob concessão. Após esse contato, o DNIT, responsável pela liberação das autorizações, começou a trabalhar em conjunto com a concessionária para estabelecer o modelo que será aplicado no segmento rodoviário.

A ampliação do horário é justificada pela previsão de uma safra recorde de milho, estimada em 29 milhões de toneladas neste ano em Mato Grosso. O escoamento dessa produção está previsto para ocorrer num período mínimo de 40 dias, o que aumentará significativamente o movimento de veículos na rodovia. Essa medida busca atender à demanda do agronegócio e do setor de logística do Estado, garantindo a fluidez do transporte de cargas e a eficiência do escoamento da safra.

As empresas interessadas em obter a Autorização Especial de Tráfego Noturno devem fazer o pedido por meio do site do DNIT. Essa iniciativa representa um importante passo para impulsionar o desenvolvimento econômico do estado, facilitando o transporte de produtos agrícolas e otimizando a logística de escoamento da produção. Com a devida análise e avaliação dos resultados após os seis meses, espera-se que essa flexibilização de tráfego noturno possa se tornar uma solução permanente para as demandas do setor.

Fonte: Assessoria DENIT

Vídeo(s) da notícia

Galeria de Imagens da notícia

Mais notícias

Custos da soja em Mato Grosso sobem impulsionados pelos fertilizantes

Governo de MT lança linha de crédito de até R$ 1,5 milhão para pequenos produtores

COMISSÃO DEBATE MORATÓRIA DA SOJA E DA CARNE E CONSEQUÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS DA AMAZÔNIA LEGAL

Jornalistas conhecem dados que mostram sustentabilidade da agricultura

Crise energética barra expansão da área irrigada em MT

Aprosoja-MT alerta agricultores para que fiquem atentos à notificação do CAR Digital