Atualizada: Mulher é morta com requintes de crueldade; corpo estava nu

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O corpo de uma mulher, ainda não identificada, foi encontrado na tarde desta terça-feira (5) em uma região de mata em Sorriso.

O cadáver, sem roupas, já estava em decomposição.

De acordo com informações preliminares da Polícia Civil, a cabeça da mulher parecia ter sido esmagada por algo pesado. Acredita-se que o crime tenha ocorrido há cerca de cinco dias.

Além disso, na cena do crime havia grande quantidade de lixo, como garrafas pet, roupas e cinzas.

Policiais civis aguardam no local a chegada da equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) para análise da cena do crime e do corpo.

A Polícia procura pelo suspeito e apura a motivação do crime.

Outro caso

Este é o segundo assassinato com requintes de crueldade registrado em Sorriso em menos de 24 horas. Na manhã desta terça, uma travesti de 22 anos foi morta a facadas no Bairro São Matheus.

Ela foi encontrada com uma faca cravada no rosto.

Vizinhos relataram que, por volta de 10h, ouviram uma discussão na quitinete onde a travesti morava.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros esteve no local, por volta do meio-dia, e encontrou a travesti caída ao lado da cama, vestindo apenas uma calcinha.

Segundo as informações, a travesti era natural de Tangará da Serra e já estaria se preparando para viajar para a cidade, nesta quarta-feira (6).

Atualizada:

A Polícia Civil de Sorriso (412 km de Cuiabá) prendeu um homem identificado como M.A.S., de 32 anos, acusado de matar a ex-esposa e esconder o corpo em uma região de mata. O homem então foi localizado e levado à delegacia, onde confessou o crime.

Elaine Ferreira Ledesma, de 30, foi dada como desaparecida desde o último sábado (2) e seu corpo foi encontrado em estado avançado de decomposição na tarde desta terça-feira (5), por um catador de latinhas

Fonte: Mídia News