Adolescente de 13 anos é decapitado em ritual satânico

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O corpo de um adolescente de 13 anos foi achado decapitado em uma casa na cidade de Tarascon, perto de Marselha (França), no último domingo (18/7). De acordo com a polícia, Romain foi morto em uma espécie de ritual satânico ocorrido na sexta-feira (16/7).

Na terça-feira (20/7) começaram a circular fotos do adolescente. Foi revelado pela imprensa local que o adolescente foi morto em uma casa geminada. Dois dias depois, vizinhos ligaram para a polícia, reclamando de “um cheiro terrível”.

Quando uma faxineira finalmente foi à casa, antes dos agentes, ela encontrou partes do corpo de Romain, incluindo sua cabeça, parcialmente comida, colocada dentro de um saco.

“Ele matou meu filho, ele matou meu bebê!”, disse a mãe de Romain, que não foi identificada por motivos legais.

O dono da casa, um homem de 32 anos identificado como Arthur A. foi então localizado, antes de ser morto a tiros após ter ameaçado com arma os policiais que o cercavam.

O adolescente havia saído do seu lar adotivo, em Marselha, para visitar a sua mãe biológica, que morava na mesma rua que Arthur A. Romain, que não conhecia seu pai, havia passado a maior parte da vida em famílias de lares adotivos. Na noite de sexta, ele estava com a sua melhor amiga, Amélie, em Tarascon, antes de ser morto.

Laurent Gumbau, promotor público de Tarascon, disse que o corpo de Romain estava tão mutilado que só poderia ser identificado por DNA. Ele afirmou que Arthur A. teve alta de um hospital psiquiátrico no início deste mês.

%d blogueiros gostam disto: