Ação conjunta resulta na apreensão de 2,1 toneladas de defensivos contrabandeados

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Uma ação conjunta da Polícia Civil, por meio da Gerência de Combate ao Crime Organizado e a Polícia Rodoviária Federal, apreendeu nesta quinta-feira (11.11) duas toneladas de defensivos agrícolas contrabandeados em Tangará da Serra.

Três suspeitos foram presos em flagrante e vão responder por associação criminosa, contrabando, uso de documento falso, falsidade ideológica, crime ambiental e crime da legislação aplicada a uso de agrotóxicos.

De acordo com o delegado titular da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, a carga está avaliada em R$ 3 milhões. Foram apreendidos diversos tipos de defensivos, entre eles, o benzoato, que totalizou 800 quilos e tem comercialização proibida no Brasil.

A GCCO recebeu informações de que a carga de defensivos havia chegado a Tangará da Serra, que estavam camuflados em embalagens de adubo foliar.

Após diligências, as equipes da GCCO e da Polícia Rodoviária Federal avistaram uma camionete Strada branca carregada com sacos de adubos que descarregou os produtos em uma chácara e saiu, retornando carregada.

Foram feitas quatro viagens transportando e descarregando os sacos, quando então os policiais civis e rodoviários abordaram dois suspeitos que estavam na chácara e constatado que os produtos se tratavam de defensivos e não de adubos, como mostrava a embalagem.

Em um galpão na propriedade, os policiais encontraram mais outras quantidades de benzoato, além dos ensacados em embalagens de adubo foliar, e ainda sacos de um defensivo de origem paraguaia, ‘Tiamexam’.

Os suspeitos não conseguiram explicar a origem da carga e apresentaram uma nota fiscal como sendo de adubo foliar, contudo, no documento não constava o nome de nenhum dos detidos.

A nota estava em nome de uma empresa de Tangará da Serra que comercializa produtos agrícolas na região. Os policiais seguiram até a empresa, onde localizou o proprietário, que também foi conduzido em flagrante para a GCCO.

Fonte: Policia Civil-MT

Mais notícias

esttt

Para convencer familiares, adolescente grava estupro e tio é preso

reguladordetensao

Itanhangá: Bandidos furtaram reguladores de tensão

zapp

Cresce número de crimes de estelionato e maioria dos casos é de clonagem do WhatsApp em MT

conge

Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola

produtoo

Inquérito sobre homicídio de produtor rural é concluído e 4 são indiciados pelo crime

marmi

Jovem de 19 anos é assassinado com tiro na cabeça na rua

%d blogueiros gostam disto: