Ação conjunta da PRF de 6 estados apreende 12 mil kg de agrotóxico

Crédito: Divulgação

Uma carga de 12 mil quilos de agrotóxico roubado foi apreendida no estado do Tocantins em decorrência de diligências iniciais efetuadas pela Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso (PRF) e mobilizou forças policiais de outros cinco estados com a participação de mais de 30 agentes.

De acordo com a PRF, o desenrolar da ocorrência permitiu a descoberta de uma organização envolvendo o transporte e comércio de agrotóxicos de origem ilícita em alguns estados do território nacional.

Além de Mato Grosso que deu apoio inicial, as diligências foram efetuadas nos estados do Amazonas, Goiás, Mato Grosso do Sul, Roraima e Tocantins.

A ação foi realizada no dia 9 deste mês, mas somente nesta terça-feira (20) é que a PRF de Mato Grosso divulgou informações sobre sua participação inicial na operação. Não há informações sobre prisões.

Durante as diligências foram encontrados depósitos e fazendas onde eram armazenados e utilizados os produtos ilícitos. Tal fato, segundo a PRF, desencadeou operação conjunta entre os vários estados, resultando na apreensão de grande quantidade de agrotóxicos roubados ou falsificados.

A ação foi realizada em parceria com a Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar) de Goiás, Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado em Mato Grosso do Sul (Decco), Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações de Manaus (Derfd) de Manaus (AM) e também agentes e peritos da Polícia Civil de Roraima.

Fonte: Folha Max

Mais notícias

limão

Pesquisa da Embrapa resulta em combate ao fungo no plantio de limões

boi

Mercado da pecuária em Mato Grosso teve queda de 3,51%, aponta instituto

poico

Produção brasileira de frango e suíno vai crescer em 2022, diz ABPA

reivia

Lucas: Caso de raiva animal em bovino é detectado

céu aberto

Falta de espaço em armazéns de Mato Grosso segue influenciando na comercialização da soja

dronnn

Indea usa drones em fiscalização para combater irregularidades agropecuárias na fronteira e nas divisas

%d blogueiros gostam disto: