A expectativa dos comerciantes para o Dia dos Pais em Itanhangá

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Com o Dia dos Pais sendo a terceira data mais importante para o comercio, perdendo apenas para o Dia das Mães e Natal, os comerciantes de Itanhangá estão com suas opiniões divididas a respeito do movimento para esse dia. Uns acham que o movimento será grande e bem lucrativo, já para outros, não haverá tanto movimento, pois a falta de dinheiro faz com que as pessoas utilizem o seu dinheiro para pagar contas e comprar alimentos.

Os comerciantes têm feito varias promoções para atrair seus clientes, mas às vezes nem assim eles conseguem o resultado esperado. Resultando em mercadorias que não saem da loja, trazendo problemas financeiros para os lojistas. O jeito é investir pesado em propaganda, pois só assim o consumidor vai ficar sabendo das promoções.

No vestuário, dentre as principais peças procuradas estão camisas e calças jeans. No entanto, o perfil de presentes também tem sido bem variado, antes tinha uma procura maior por ferramentas, hoje as pessoas estão mudando, está havendo uma procura maior por artigos de lazer como barracas, espetos, copos, cadeiras de praia, cadeiras de balanço. Além disso, presentes ligados à culinária como panelas, fornos e churrasqueiras também têm saído.

Quase a metade (47%) dos consumidores que pretendem ir às compras deve apostar em roupas. Em seguida, a preferência é por perfumes e cosméticos (12%) e calçados e acessórios (12%). Estima que o varejo brasileiro deva movimentar R$ 4,2 bilhões em vendas relacionadas ao Dia dos Pais, o equivalente a 5,6% de todo o faturamento esperado para o mês de agosto.

Fonte: : ITA NOTICIAS